O Transtorno de Pânico é um transtorno de ansiedade caracterizado por repentinas crises de medo, conhecidas como ataques de pânico, combinadas com uma persistente preocupação com a futura recorrência de um ataque de pânico. Muitas pessoas costumam confundir um ataque de pânico com um ataque cardíaco ou outra emergência médica com risco de vida devido à intensidade dos sentimentos que acompanham o pânico. Geralmente o ataque é sentido como algo muito intenso, podendo ser tão forte que o indivíduo perde completamente o contato com o mundo. Algumas vezes sente que não está mais no controle do seu próprio corpo podendo inclusive ter a sensação de que está olhando para o seu próprio corpo do ponto de vista de um estranho.

Às vezes, o medo que futuros ataques de pânico aconteçam torna-se tão grave que as pessoas reduzem sua atividade e deixam de se envolver em funções importantes, como ir ao trabalho ou até mesmo sair de casa. Quando os ataques de pânico fazem com que alguém sinta-se desconfortável em sair de casa, eles podem ter um distúrbio conhecido como transtorno do pânico com agorafobia, uma forma mais grave de transtorno do pânico.

Atriz Escreve Dicas Para o Namorado Sobre A Ansiedade

Foto da atriz Kelsey Darragh e o namorado

A atriz Kelsey Darragh, que sofre da síndrome do pânico, escreveu algumas dicas para o namorado ajudá-la quando ela tivesse alguma crise. Depois de escrever, resolveu postar a foto das dicas em sua conta do Twitter, que acabou viralizando na Internet!

Twitter da Kelsey Darragh com as dicas para o namorado sobre ansiedade e pânico

Conheça as Dicas que a Atriz Kelsey Darragh Escreveu para o Namorado

Veja abaixo as dicas, que ela chamou de “15 coisas REALISTAS que você pode fazer para me ajudar a passar por um ataque de pânico”, postadas por Kelsey Darragh!

Dicas de como ajudar alguém com crise de pânico - Kelsey Darragh

“1 – Saiba que estou assustada e não consigo explicar porque. Então por favor, não se desespere ou se irrite comigo.

2 – Ache meus remédios se estiverem perto e assegure-se de que eu os tome!

3 – Exercícios de respiração me frustrarão, mas eles são fundamentais. Tente me fazer sincronizar a minha respiração com a sua.

4 – Sugira gentilmente coisas que poderíamos fazer juntos para me distrair do meu pânico (não diga-me o que preciso/devo fazer. [e ouça quando eu disser não a algo])

5 – Para o pânico dissociativo = lembre-me que isso já aconteceu antes e que desta vez também passará! Sempre passa, mas é muito assustador quando está acontecendo. Talvez seja bom contar alguns fatos divertidos sobre mim ou de sobre nossa vida em conjunto que me façam sorrir ou rir 🙂

6 – Goles de água podem ajudar mas não diga-me que eu preciso beber porque ACREDITE EM MIM – eu sinto como se eu fosse vomitar 🙁

7 – CONTINUE RESPIRANDO COMIGO!!!

8 – Se pudermos sair de onde estivermos, leve-me pra casa!

9 – Por favor seja muito muito legal comigo. Eu não estarei me sentindo como se fosse eu mesma e estarei envergonhada e me sentindo culpada por ter colocado você nesta situação, então por favor, não fique frustrado comigo :/

10 – Às vezes, um grande, longo e carinhoso abraço irá ajudar a sentir-me segura.

11 – Me ajudar a respirar será difícil, mas é muito importante!

12 – Se a situação estiver muito ruim – ligue para minha mãe, para minha irmã ou para minha melhor amiga para mim!

13 – Diga-me para não lutar contra isso – ao contrário, que eu deixe que isso passe por mim. Quanto mais eu tentar controlar o problema [ou você tentar controlar], pior ficará.

14 – Tenha empatia comigo! Você poderá não entender o que está acontecendo, mas estará me entendendo!

15 – Quando passar (tipo horas depois), converse comigo sobre o que aconteceu. Como você está? O que podemos fazer na próxima vez?

Kelsey

 

Atriz escreve dicas para o namorado ajudá-la com a ansiedade e viraliza!
5 (100%) 1 vote