O que é a paralisia do sono? É perigosa?

Imagine você acordar no meio da noite e perceber que não consegue mover-se ou falar. Assustador, não é mesmo? Agora imagine ainda por cima ter alucinações com bruxas ou seres demoníacos. Isso pode acontecer com quem sofre de paralisia do sono.

Mas você sabe realmente o que é a paralisia do sono? Quais são as causas e o que fazer para evitar? Este artigo foi escrito justamente para tirar estas dúvidas e para informar mais sobre este problema.

Leia tudo e descubra qual o perigo destes eventos. E não esqueça de deixar um comentário contando a sua experiência, no formulário ao fim da página!

O que é a paralisia do sono?

A paralisia do sono é uma experiência relativamente comum. Ela é caracterizada por uma incapacidade temporária de se mover ou de falar enquanto uma pessoa acorda ou adormece.

Para evitar que seu corpo se movimente ou reaja aos sonhos, os músculos entram em um estado de relaxamento durante o estado de sonho ou quando você está no estágio do sono REM.

Porém, se o corpo continua nesse estado de relaxamento após o REM, o movimento físico permanece restrito mesmo que a pessoa esteja consciente. Este é o sintoma que define a paralisia do sono.

Em algumas pessoas, um episódio de paralisia do sono pode ser acompanhado por sonhos vívidos ou alucinações. Essa pode ser a razão pela qual algumas pessoas atribuem um fator de medo ou um elemento sobrenatural à sua experiência.

Muitas vezes quem sofre um evento de paralisia do sono tem alucinações com demônios ou bruxas, como nesta obra de Johann Heinrich Füssli.

Como ocorre a paralisia do sono

A paralisia do sono pode ocorrer de diferentes formas para cada pessoa. Algumas contam que durante a paralisia do sono sentiram uma presença fantasmagórica no quarto (o demônio da paralisia do sono). Descreveram que sentiram-se paralisados, além de terem tido sentimentos de mau presságio, terror e falta de controle.

Também é muito comum sentir falta de ar ou dificuldade para respirar (porém isso não é perigoso).

Essas alucinações podem incluir (apesar de que geralmente isso não acontece) sons estranhos, cheiros e sensações de ausência de peso. A paralisia do sono é uma aflição documentada há séculos. Porém só em 1928 é que ela recebeu de Samuel Alexander Kinnier Wilson esse nome, em seu livro The Narcolepsies.

Anúncio

De uma forma ampla, durante a paralisia do sono você pode:

  • Suar
  • Gemer
  • Sentir dormência ou formigamento de um membro
  • Sentir taquicardia
  • Pressão torácica
  • Sensação de precisar “lutar” para se mexer
  • Dificuldade para respirar

Por mais assustador que isso possa ser, saiba que a paralisia do sono é algo relativamente comum e que você estará completamente seguro durante um evento (apesar do medo que vai sentir)!

O que pode desencadear um episódio de paralisia do sono?

Diversas são as causas da paralisia do sono. Entre elas podemos citar o estresse ou a privação de sono. Pode ser causado também por um sono interrompido, principalmente se for no estágio REM, ou por distúrbios do sono, como a narcolepsia.

É importante notar que há casos em que ocorre durante os cochilos diurnos ou com quem tem problemas de sono devido a turnos de trabalho em horários alternados.

Outros fatores comuns que levam à paralisia do sono incluem:

  • Distúrbios do sono, como apneia obstrutiva do sono e a narcolepsia.
  • Consumo de álcool ou uso de drogas.
  • Transtornos mentais como depressão, ansiedade ou estresse pós-traumático.
  • Estresse mental excessivo e fadiga física.
  • Alguns medicamentos.
  • Uma história familiar de paralisia do sono (embora a causa genética seja desconhecida).

Observação: Na maioria dos casos em que as pessoas relatam episódios de paralisia do sono, estavam dormindo de costas. Porém isso não quer dizer que isso não aconteça quando uma pessoa dorme de lado ou de barriga.

O Demônio da Paralisia do Sono

A maioria das pessoas que já ouviu falar sobre as histórias de paralisia do sono esta familiarizada com as terríveis alucinações associadas à paralisia, incluindo o demônio da paralisia do sono. Parece sensacional, mas os relatos de ver monstros, figuras sem rosto e outras coisas assustadoras estão bem documentados a ponto de resistir ao folclore.

O demônio da paralisia do sono - Incubus - retratado em uma esculturade Eugène Thivier.
Escultura de Eugène Thivier, Cauchemar (Pesadelo) com o demônio do sono Incubus em cima da pessoa.

Antes do desenvolvimento da ciência do sono, as explicações culturais para a experiência variavam entre demônios (demônios da paralisia do sono), abduções alienígenas e entidades “prementes” ou “sentadas” que seguram seu peito e dificultavam a respiração.

Desde a Pisadeira (um homem ou mulher desgrenhado que sobe no seu peito) até o khmaoch sângkât cambojano (o fantasma ou demônio da paralisia do sono que o empurra para baixo.

Atualmente falas-se que abduções alienígenas modernas podem ser resultado de paralisia do sono e nossa visualização coletiva de criaturas incognoscíveis, observando um aumento nas semelhanças de histórias de abdução alienígena após o “incidente OVNI” em Roswell, Novo México em 1947 .

Os três tipos de alucinação

Segundo pesquisas, existem três tipos principais de alucinações que ocorrem durante a paralisia do sono. Às vezes, eles ocorrem simultaneamente, mas com mais frequência, apenas um se destaca.

As alucinações intrusas

São caracterizadas pelo medo e pela sensação da presença de algo desagradável, geralmente acompanhado de alucinações auditivas e visuais.

Anúncio

Normalmente é uma sensação de que um ser maligno está no quarto. Pode se manifestar em alucinações hiper-realistas de que há um intruso real.

As alucinações de incubus

Frequentemente ocorrem junto com as alucinações de intrusas. São caracterizadas por uma sensação de pressão no peito, de falta de ar, de estar sendo empurrado para baixo ou pressionado ou sentimentos de estar sendo sufocado.

Embora seja comum, não oferece perigo.

Demônio da paralisia do sono apertando o peito da pessoa.

As alucinações de experiências extracorpóreas

Tipicamente não ocorrem conjuntamente com as outras duas. Consistem em “experiências ilusórias de movimento”, como flutuar acima da cama, sentir ausência de peso ou um sentimento de separação entre os planos físico e mental.

A paralisia do sono pode ser curada?

Na maioria dos casos a paralisia do sono ocorre em uma única ocasião e não apresenta riscos maiores.

No entanto, se a paralisia do sono ocorrer várias vezes, é melhor que isso seja avaliado por um profissional, procure um médico. É melhor identificar o problema para poder eliminá-lo, abordando quaisquer fatores que possam estar causando a sua paralisia do sono.

Como posso evitar a paralisia do sono?

Como os principais fatores desencadeantes são o estresse e a falta de sono, a melhor e mais rápida solução é regular seu horário de sono. A paralisia do sono não é tratada clinicamente, porém as condições subjacentes possam ser (como a narcolepsia).

A melhor maneira de prevenir a paralisia do sono é fazer uma boa higiene do sono. Você pode fazer o seguinte:

1. Melhore seus hábitos de sono

Assegure-se de que tenha 6 a 8 horas de sono todas as noites e que tenha tempo de relaxar à noite sem usar telas (computador, televisão, celular). Vá para a cama todas as noites no mesmo horário.

Garanta que o ambiente onde você dorme seja pacífico, nem muito quente nem muito frio e livre de interrupções como luzes e sons.

2. Durma do seu lado

Isso não só é melhor para a sua coluna e pescoço, mas também pode ajudar a reduzir a paralisia do sono causada por dormir de costas.

3. Cuide da alimentação

Evite estimulantes como a cafeína, bebidas energéticas ou alimentos altamente calóricos algumas horas antes de dormir.

4. Trate as questões subjacentes

Se você sofre de transtorno de estresse pós-traumático ou
é narcoléptico, por exemplo, consulte um médico sobre o que você pode fazer para melhorar os sintomas.

5. Diminua o estresse antes de dormir

Tente diminuir o estresse antes de dormir praticando meditação, fazendo algumas posturas relaxantes de yoga ou tomando um banho quente.

Vídeo com reportagem sobre a paralisia do sono

O vídeo abaixo é uma reportagem sobre a paralisia do sono. Vale a pena assistir, é bem interessante e informativo!

Conclusão

Lembre-se – não há nada a temer! A paralisia do sono é apenas uma extensão do seu estado de sono. Você não vai morrer, ficar paralítico nem o bicho-papão não vai te pegar.

Você está totalmente seguro. A paralisia do sono é apenas uma experiência chocante, mas é algo que dezenas de milhares de pessoas em todo o mundo já experimentaram, durante séculos, e viveram para contar a história!

Mas atenção, se for algo que esteja ocorrendo com frequência, procure um médico. Certamente ele vai te ajudar a resolver este problema assustador, apesar de inofensivo.

Fontes

https://www.smartnora.com/blogs/nora-blogs/what-is-sleep-paralysis-and-how-you-can-stop-it

https://valleysleepcenter.com/what-is-sleep-paralysis-your-worries-explained/

http://theconversation.com/understanding-sleep-paralysis-a-terrifying-but-unique-state-of-consciousness-48509

Atenção!

O conteúdo deste site tem caráter meramente informativo e não substitui uma consulta a um profissional da saúde.

Procure sempre um médico ou psicólogo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Nós supomos que você está de acordo com isso, mas você pode sair, se desejar. Aceitar Leia Mais