Transtorno de Personalidade Dependente

Quantas pessoas conhecemos que são incapazes de tomar decisões sem ouvir primeiro a opinião dos outros? Quem não conhece alguém que precisa tanto dos outros a ponto até de se tornar chato?

E aquelas pessoas que parecem não conseguir deixar o parceiro, mesmo sabendo que o relacionamento é prejudicial, que está fazendo mais mal do que bem?

Bem, essas pessoas podem estar sofrendo do distúrbio de personalidade dependente (não necessariamente a pessoa está sofrendo deste distúrbio, obviamente).

Mas, afinal, o que exatamente é este distúrbio? Neste artigo vamos explicar o que é, como funciona, quais os seus sintomas e muito mais. Leia tudo até o fim, para não perder nenhum detalhe, e entenderá!

Não deixe de nos contar se você já conheceu alguém assim, ou se você teve este distúrbio e como foi o tratamento. Basta escrever seu comentário no fim da página!

O que é o transtorno de personalidade dependente

Este é um transtorno de personalidade do Grupo C. Este grupo é caracterizado pela ansiedade, apreensão ou medo.

Resumidamente, o transtorno de personalidade dependente se caracteriza principalmente por uma necessidade dominante e excessiva da pessoa ser cuidada. Isso leva a um comportamento submisso, a um apego exagerado e ao medo da separação.

As pessoas que sofrem deste distúrbio são profundamente dependentes dos outros para conforto, apoio e conselhos. Muitas vezes transfere a maioria ou todas as decisões para outras pessoas.

Elas são excessivamente dependentes emocionalmente de outras pessoas, fazendo um grande esforço para agradá-las. Para isso podem, inclusive, fazer coisas que não gostam.

Pessoas com esse tipo de transtorno de personalidade geralmente não sabem que seus pensamentos e comportamentos são inadequados.

Mas nem sempre alguém assim tem esse distúrbio, fique de olho nos sintomas, listados abaixo.

Sintomas

Alguns dos sintomas do transtorno de personalidade dependente são também sintomas de outros transtornos de personalidade. Porém há algumas características únicas que o definem.

Se você perceber que tem esses comportamentos, fale para o seu médico. Ele pode realizar algumas avaliações para descobrir se você tem realmente este distúrbio e, assim, tratar de forma adequada.

Um dos sintomas do transtorno de personalidade dependente é o medo de ser abandonado(a) por pessoas próximas e queridas.

Os sintomas do transtorno de personalidade dependente incluem:

  • Buscar constantemente relacionamentos e cultivá-los para não ficar sozinho, por mais insalubre que o relacionamento possa ser
  • Ser excessivamente passivo ou submisso
  • Medo extremo do abandono, especialmente das pessoas próximas e queridas
  • Tristeza intensa e letargia quando um ente querido sai ou depois de uma separação
  • Permitir ou preferir que outras pessoas lidem com seus negócios pessoais
  • A disposição de fazer qualquer coisa ao seu alcance – incluindo tolerar abusos, maus-tratos, fazer coisas perigosas ou ilegais – para agradar ou manter perto de você uma pessoa que você valoriza
  • Ter problemas para iniciar projetos ou fazer as coisas sozinho
  • Dificuldade em tomar decisões sem a participação ou presença de outras pessoas
  • Incapacidade de discordar ou discutir com outras pessoas

Fatores de risco e possíveis causas

Os fatores genéticos e as experiências de vida provavelmente se combinam para criar um tipo de vulnerabilidade neurológica, que resulta no aparecimento do transtorno de personalidade dependente.

Os fatores de risco conhecidos para transtorno de personalidade dependente incluem:

Predisposição genética e história familiar

Estudos revelam que um aspecto genético significativo está presente no desenvolvimento de transtornos de personalidade. Por exemplo: ter um pai com transtorno de personalidade dependente é um forte fator de risco para essa condição em particular.

Trauma na infância

A exposição a abuso emocional, físico e sexual na infância é um fator de risco primário para a maioria dos transtornos de personalidade, incluindo o transtorno de personalidade dependente.

Da mesma forma, ser negligenciado ou abandonado quando criança também aumenta as chances de desenvolver um distúrbio de personalidade.

Ter pais superprotetores ou autoritários

Os estilos parentais podem contribuir para a baixa auto-estima e a falta de confiança nas crianças, estabelecendo um tom que pode afetar a evolução da personalidade da criança.

Estar em um relacionamento abusivo e/ou dependente de longo prazo

A dependência pode ser “aprendida”, embora fatores genéticos pré-existentes provavelmente desempenhem um papel importante quando o transtorno de personalidade dependente cresce a partir das experiências dos adultos.

História familiar de transtornos de ansiedade

Embora exista uma diferença entre transtornos de ansiedade e transtornos de personalidade, os transtornos de personalidade do Grupo C estão intimamente relacionados a más capacidades de gerenciamento do estresse.

Comorbidades

Devido aos problemas que enfrentam no mundo, a maioria das pessoas que sofrem do transtorno de personalidade dependente desenvolverá outras condições de saúde mental.

É comum estas pessoas procurarem tratamento primeiro para estas condições, mesmo sem um diagnóstico de transtorno de personalidade.

A lista de comorbidades – condições que ocorrem frequentemente em conjunto com transtorno de personalidade dependente – incluem:

Os transtornos por uso de substâncias são mais comuns entre pessoas com transtornos de personalidade. Aqueles que têm transtorno de personalidade dependente também apresentam risco elevado.

Eles são especialmente propensos ao abuso de substâncias (incluindo o álcool) quando estão sozinhos ou isolados, pois isso pode aumentar seus sentimentos de desamparo e vulnerabilidade.

Tratamento

Você e seu médico podem elaborar um plano de tratamento do transtorno de personalidade dependente que pode ajudá-lo a controlar melhor seu distúrbio. Este tratamento pode incluir o uso de medicamentos, terapia e outras ferramentas, como o aconselhamento.

Medicamentos

Não há um medicamento específico para tratar diretamente o transtorno de personalidade dependente. Porém, alguns medicamentos, como antidepressivos, ansiolítiocos ou estabilizadores de humor, podem ajudar a controlar os sintomas.

Terapia

A psicoterapia é frequentemente a primeira linha de tratamento para ajudá-lo a obter controle sobre seu transtorno de personalidade dependente.

A terapia é, com frequência, a primeira linha de tratamento para o controle do transtorno de personalidade dependente.

A terapia cognitivo comportamental, a terapia de grupo e outros tipos de terapias psicodinâmicas podem ajudá-lo a aprender novos comportamentos.

Educação

Aprender mais sobre o transtorno de personalidade dependente, os transtornos de personalidade e outras condições de saúde mental pode ajudar você e seus entes queridos a entenderem mais sobre o apoio necessário para prosperar.

Aconselhamento

O aconselhamento pode ser benéfico para pessoas com transtorno de personalidade dependente. As sessões de aconselhamento concentram-se em aprender a gerenciar sua ansiedade e ser mais assertivo.

Lembre-se, sempre procure ajuda de um profissional da saúde. Somente ele poderá diagnosticar corretamente e indicar o tratamento adequado.

E você, gostaria de nos contar algo sobre este assunto? Deixe seu comentário no fim desta página!

Fontes:

  • https://www.scientificanimations.com/dependent-personality-disorder-symptoms-causes-treatment/
  • https://www.winchesterhospital.org/health-library/article?id=222873
  • https://www.mind.org.uk/information-support/types-of-mental-health-problems/personality-disorders/types-of-personality-disorder/
  • https://www.bridgestorecovery.com/dependent-personality-disorder/
  • https://www.sheppardpratt.org/knowledge-center/condition/dependent-personality-disorder/
  • https://exploringyourmind.com/dependent-personality-disorder/

Atenção!

O conteúdo deste site tem caráter meramente informativo e não substitui uma consulta a um profissional da saúde.

Procure sempre um médico ou psicólogo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Nós supomos que você está de acordo com isso, mas você pode sair, se desejar. Aceitar Leia Mais